Erro

Por definição, diz-se humano aquele que erra e burro aquele que teima em insistir no erro.

Apesar de todos os alertas e conselhos, decidi insistir no erro. Mea culpa, mea maxima culpa, assumo a burrice publicamente.

Da primeira vez foi um erro, eu não sabia, não estava preparado, as coisas aconteceram de maneira errada… Mas dessa vez dói de uma maneira diferente, pois tem também uma pontinha de orgulho ferido.

Não dá pra dizer que eu não sabia. A raiva, dessa vez, é de mim mesmo também, pois era tão óbvio e desde o começo…

Bola pra frente então, fazer o que nessa altura do campeonato? Só que dessa vez não vai ter nem ombro pra lamentar, pois todos os ombros se foram quando eu comecei a insistir no erro…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s