Cheguei!

Cheguei a África do Sul na sexta-feira e essas são apenas as minhas primeiras impressões. Ao longo da minha estadia aqui, vou relatar com mais detalhes as diferenças e os fatos interessantes daqui.

Foi um vôo tranquilo e a entrada no país foi mais tranquila ainda.

Em todas as outras viagens internacionais que eu havia feito, tinha que passar minha bagagem de mão por raio-x, detetores de metais ou até mesmo tirar os sapatos. Porém quando cheguei aqui, nenhum desses procedimentos foi necessário.

Tomei um capuccino no aeroporto e fui até o hotel. Já na recepção pude perceber que o inglês aqui tem um sotaque bem carregado, um pouco difícil de entender.

Bem ao lado do hotel há um shopping, onde fui almoçar. Pude notar uma loja da adidas, com uma camisa da seleção argentina pendurada bem na vitrine. Tudo bem, pois algum tempo depois, no mesmo shopping, pude ver um cara passeando vestindo a camisa da seleção brasileira.

A primeira coisa que precisei comprar foi um adaptador de tomada. As tomadas aqui tem um padrão que eu nunca havia visto antes, são enormes (maiores que as européias), tem três grandes pinos redondos e a tensão é de 240V! Ao menos os itens eletrônicos que eu trouxe tem alimentação ou fontes que suportam entre 100V-240V.

Aqui os carros seguem o padrão inglês – direção do lado direito. Confesso que estava apreensivo quanto a isso, mas é mais fácil do que eu imaginei, porém ainda é estranho dirigir no lado do “passageiro”. Outras coisas estranhas são: mudar a marcha com a mão esquerda, dar seta com a mão direita (liguei o limpador de para-brisas várias vezes), andar do lado contrário da rua.

Pelo que conversei com as pessoas daqui, carro é uma necessidade, pois praticamente não existe transporte público (ao menos aqui em Centurion, não sei como é nas outras cidades do país).

O esporte nacional é o Rugby, porém é possível ver, nos canais de esportes, partidas de cricket e futebol, claro.

Pra minha grata surpresa, pude assistir, pela tv local, na íntegra o vt do jogo entre Santos x Palmeiras apenas algumas horas após ele ter acontecido aí no Brasil. Aliás, o Santos jogou muito bem e vai levar esse campeonato…

O clima, até agora, está tranquilo: calorzinho durante o dia e frio a noite (essa associação automática da África com sol escaldante não vale pra África do Sul), porém o ar é bem seco. Uma consequência do ar seco é a facilidade de se carregar de energia estática e sair tomando pequenos choques por aí.

Bom, tem mais um monte de coisa, mas eu vou escrevendo aos poucos…

Anúncios

4 pensamentos sobre “Cheguei!

  1. Haha, que bacana. E só corrigindo que aqui no Brasil a gente também passa a marcha com a mão direita hasueahseuh.

    Posta fotos dos lugares que você visitar, Ric.

    Amigo, abraço.

  2. Outras coisas estranhas são: mudar a marcha com a mão direita, dar seta com a mão direita

    Se você muda a marcha com a mão direita enquanto senta no banco do passageiro e cruza os 2 braços você é guerreiro…

    Mas fica ae o apoio… curti as primeiras impressões, continuarei visitando seu blog.

    abraço

  3. bela descrição, ric.
    mas fica aí minha pergunta: negro é tratado normalmente por aí ou ainda tem alguma sequelas do apartheid?
    no mais, espero fotos e que você se dê bem por aí
    abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s