Erro

Por definição, diz-se humano aquele que erra e burro aquele que teima em insistir no erro.

Apesar de todos os alertas e conselhos, decidi insistir no erro. Mea culpa, mea maxima culpa, assumo a burrice publicamente.

Da primeira vez foi um erro, eu não sabia, não estava preparado, as coisas aconteceram de maneira errada… Mas dessa vez dói de uma maneira diferente, pois tem também uma pontinha de orgulho ferido.

Não dá pra dizer que eu não sabia. A raiva, dessa vez, é de mim mesmo também, pois era tão óbvio e desde o começo…

Bola pra frente então, fazer o que nessa altura do campeonato? Só que dessa vez não vai ter nem ombro pra lamentar, pois todos os ombros se foram quando eu comecei a insistir no erro…

Anúncios

Pra começar…

Por que começar um blog a essa altura do campeonato?
Sei lá, deu vontade de escrever…
O que vou escrever aqui?
Não sei bem ainda, nenhum tema específico. Opiniões, acontecimentos, bobeiras, o que der na telha… Vamos ver se não é só mais uma das coisas que começo e não continuo.